• 80 Anos ACI
Sexta, 04 Março 2016 03:06

PIB brasileiro encolhe 3.8% em 2015

Escrito por

No quarto trimestre de 2015, o PIB brasileiro encolheu 5,9% com relação ao mesmo período do ano anterior, acumulando queda de 3,8% no acumulado de 2015. Para o comércio, essas variações foram de -12,4% e -8,9% respectivamente.

O PIB brasileiro manteve em 2015 a trajetória de recessão iniciada no ano anterior. Os dados do PIB para o quarto trimestre de 2015 são os seguintes:

  1. Frente a igual trimestre de 2014: -5,9%;
  2. Frente ao 3º trimestre: -1,4%, com ajustes sazonais;
  3. Acumulado em 4 trimestres: -2,54%;
  4. Acumulado no ano: -3,8%.

 

Pelo lado da despesa, o estímulo mais negativo foi das Importações e dos Investimentos, que recuaram 20,1% e 18,5%, respectivamente, em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Nessa mesma base de comparação, o único componente a crescer foram as Exportações, que variaram em 12,6%. favorecidas pela desvalorização do Real.

Pelo lado da produção, as maiores quedas foram no comércio e na indústria de transformação, que variaram -12,4% e -12,0%, respectivamente, na comparação do quarto trimestre de 2015 com o mesmo trimestre de 2014. Nessa ótica, os únicos setores que apresentaram variação positiva foram a agropecuária (0,6%) e a construção civil (1,4%).

Considerações da Assessoria Econômica

O quarto trimestre de 2015 é o sétimo consecutivo da atual recessão brasileira, segundo o CODACE (Comitê de Datação de Ciclos Econômicos). No ano de 2015, o PIB brasileiro apresentou queda real de 3,8%, o que representa a pior variação desde 1990. Essa variação era esperada pelo mercado, segundo os dados de expectativa coletados pelo Banco Central. Embora o relatório Focus (de 26/02/2016) aponte encolhimento do PIB em -3,45% para 2016, a expectativa para 2017 é de crescimento tímido (0,5%).

A recessão brasileira atual, que decorre principalmente de fatores internos e políticos, consiste em uma das piores crises da história brasileira, A crise política, um dos fatores que mais agrava o cenário brasileiro, tem piorado a opinião internacional sobre o país (como a perda recente do grau de investimento pelas maiores agências de risco do mundo), além de deteriorar ainda mais a situação brasileira. Um fator interno muito afetado pela crise política atual é a confiança do consumidor, que, por sua vez, é um determinante muito significativo do desempenho do varejo.

Fonte: CDL Poa.     

 
Ler 719 vezes

Santa Casa de Misericórdia

Departamento de Desenvolvimento Empresarial

Calendário ACI-CDL

Novembro 2018 Próximo mês
D S
week 44 1 2 3
week 45 4 5 6 7 8 9 10
week 46 11 12 13 14 15 16 17
week 47 18 19 20 21 22 23 24
week 48 25 26 27 28 29 30

Painel Associados